Porque cães mordem as patas? Descubra os possíveis motivos

Porque cães mordem as patas? Descubra os possíveis motivos

Você percebeu que seu cão lambe as patas? Mas isso acontece com muita frequencia ou constantemente? Então essa matéria é para você, não deixe de ler.

Se você tem gatos já deve ter notado que esse é um comportamento padrão e corriqueiro na vida dos gatos. Eles passam muitos minutos por dia, principalmente após as refeições, lambendo as patas. Mas se seu cão tem esse comportamento então é melhor ficar atento a esses 7 possíveis motivos e caso persista levá-lo ao veterinário é algo sempre recomendável.

1. Higiene

Assim como os gatos, seu cão também pode fazer sua higiene. Lamber as patas pode ser um banho de língua relaxante que ele se deu de presente. Não é comum vê-lo tanto tempo cuidando da higiene como os gatos fazem, ou seja, se ele está muito focado na pata tem algo errado ali. 

Pode ser que ele esteja apenas tentando tirar da pata algo que o incomoda, como um espinho ou carrapicho e está tentando tirar. Também pode ser que ele tenha machucado levemente a patinha e está tentando consertar o problema. Então, como falei, se ele está muito focado, melhor dar uma atenção a isso.

 

2. Alergias

 Um dos principais motivos de seu amigão ficar mordendo as patas são problemas com alergia.

Então vamos contextualizar: se você está passeando na praça e seu cão resolveu ficar lambendo de forma obsessiva a patinha, pode ser que ele tenha alguma alergia. Talvez ele tenha pisado em algum pesticida, ácaros ou mesmo o pólen da grama. Talvez você consiga resolver isso de forma bem simples: lenço umedecido. Passe no local da lambida e veja se diminui a frequência da lambida.

 

Agora um outro contexto: seu cão comeu algo e de uma hora para outra você notou manchas algumas, pode ser que ele tenha alergia a algo que tinha na ração ou no petisco. Por incrível que possa parecer, as alergias mais comuns são laticínios, pães e carnes. Nesse caso é fácil, vá trocando a dieta uma de cada vez até encontrar qual causou o problema.

  

3. Comportamento

 Vai me dizer que você nunca deu uma mordidinha na unha quando está nervoso ou sobre pressão? Seu cãozinho é a mesma coisa. Quando está sob pressão o organismo libera cortisol e a forma que ele encontra de se acalmar é lambendo.Ele faz isso porque sua mãe o lambia quando ele era um pequeno filhotinho e isso dava a ele a sensação de proteção, amor e carinho. E se ele realmente estiver estressado, nada melhor que uma bela lambida para se acalmar.

 

 Faça uns carinhos, brinque com ele, corra com ele, veja se ele se comporta diferente após isso. Um cachorro precisa de estimulação para ficar feliz! Isso é comprovado!

 

4. Machucado

 Você já ouviu a expressão “lamber suas feridas”. Pois é, cachorros sabem disso.

 Quando nós machucamos procuramos logo um médico, um remédio ou algo para tratar. Cachorros não sabem fazer isso. O único remédio que eles conhecem é o choro e a lambida.

Essa lesão pode ser causada por uma infinidade de coisas: Inseto, caco de vidro, espinho, cortes em geral, pisão em pedras, enfim, qualquer coisa que o machuque. Veja se consegue enxergar alguma anomalia na almofada de sua pata, por baixo. Agora se além de lamber ele está mancando e você não consegue identificar o problema, melhor levá-lo ao veterinário.

 

5. Infecção

 Quem nunca pegou um piolho quando era pequeno que atire a primeira pedra. 

Seu cachorro pode pegar pulgas, carrapatos e ácaros. Minha cachorrinha Gaia adora andar no meio do mato. Moro numa região que possui um grande parque e ela ama se embrenhar no meio do mato. Esses dias, ela tinha acabado de fazer sua “exploração matinal” ao estilo Indiana Jones, no meio do mato. Fui acariciá-la e adivinha? Ecccccaaaa… um belo carrapatinho andando no meu braço. Já para o banho, ordenei! Em seguida, já a tratei com um produtinho mágico de tirar pulgas e carrapatos.

Cachorros que andam no mato pegam parasitas com certa frequência, fique atento, pois normalmente são difíceis de detectar.

 

6. Pele Seca

 Banhos excessivos podem deixar a pele do seu cão mais ressecada, isso porque o pelo possui uma proteção oleosa que protege a pele do seu cãozinho. Se você é maníaco por cão e acha que seu cão é gente e precisa de banho regular, saiba que isso pode causar problemas de pele ressecada.

Sabe como eles acham que resolve problemas de pele ressecada? Lambendo. O que eles não sabem é que isso piora a situação quando se trata da pata. Elas vão ficar ainda mais secas e isso pode causar rachaduras nas almofadinhas da pata, vão ficar doloridas e ele vai lamber ainda mais. Fique atento a isso e reduza o banho.

  

7. Inverno

Se você mora no sul do país já deve ter pego uma friagem de 0 graus. Nossa, se você que anda todo agasalhado sofre imagina o pobre do seu cãozinho. Sabendo disso, você vai ter que dar banho no pobre coitado. Enche a banheira com aquela água morninha e aproveita e coloca aqueles sais na água e mergulha o pobre coitado na água. 

Parabéns você é um forte candidato para promover uma queimadura química no seu cão. Cachorros não são gente e não precisam desse requinte todo, use apenas o que seu veterinário mandou. São produtos testados e aprovados que vão fazer bem e não mal ao seu amigão.

 

Se seu cão continua lambendo as patinhas com frequência é melhor procurar um veterinário, porque pode ser outra coisa que não falei nesse artigo. Essa matéria pontua apenas os principais problemas, não todos. Então procure um veterinário!

Se você tiver alguma dúvida entre em contato conosco, tá ?

Clique aqui para falar conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.